Resumo da 20ª Sessão Ordinária

A 20ª Sessão Ordinária do 3º Ano Legislativo da 18ª Legislatura da Câmara Municipal de Matozinhos, realizada nesta segunda-feira (03/06/2019), foi marcada pela leitura da ata, leitura de correspondências, leitura de parecer, indicação, apresentação e votação de projetos.

Presença dos vereadores: César de Soné (Presidente), Dr. André (Vice–Presidente) Adilson da Lotação, Branco do Leite, Cosme Luiz, Sidirley Bento, José Miguel, Cláudio Luiz, Nilson da Mercearia, Marcinho do Liberdade, Ronaldo do Transporte Escolar, Vinícius Araújo e Walexandre de Paula.

Indicações apresentadas:

Indicação nº 65/2019: 01- Solicita que seja realizada operação de manutenção e tapa buraco na Rua sapucaia com Rua Cabiuna no bairro Vista Alegre. Vereador: Sidirley Bento

Moção nº 9/2019: À família do Senhor Osvaldo Carvalho da Silva, proprietário da Sauna Carabina, pelo seu passamento que deixou enlutados familiares e amigos. Vereador: Vinícius Araújo Silva com o apoio dos demais vereadores.

Moção nº 10/2019: À família do Senhor Juvenal Pascoal Dimas Cruz, o Pascoal do Itaú, pelo seu passamento que deixou enlutados familiares e amigos. Vereador: André Barbosa Moreira com o apoio dos demais vereadores.

Apresentação de Projetos:

Projeto de Lei N° 2523/2019 de autoria do Vereador José Miguel Dias Filho, que “Concede Título de Cidadão Honorário a Leonardo Estevam Lopes”.

Projeto de Resolução N° 310/2019 de autoria da Mesa Diretora, que “Dispõe sobre a concessão de férias acrescida do terço constitucional aos Vereadores de Matozinhos, Estado de Minas Gerais e dá outras providências”.

Leitura de Parecer:

Parecer conjunto da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final e da Comissão de Turismo, Meio Ambiente, Transporte, Trânsito, Política Urbana e Segurança Pública ao Projeto de Lei n° 2514/2019, com uma Emenda Modificativa.

Votação de Projetos:

Projeto de Lei nº 84/2019 em primeira votação foi aprovado por 13 votos favoráveis.

Projeto de Lei n° 2521/2019 em primeira votação foi aprovado por 13 votos favoráveis.

Projeto de Lei n° 2522/2019 em primeira votação foi aprovado por 13 votos favoráveis.